quarta-feira, 4 de novembro de 2009

A Ilha Das Flores

Este vídeo fala sobre as questões ambientais especialmente o lixo na Ilha Das Flores que veremos em nosso passeio de barco em Porto Alegre no dia 11/11/2009. Ele nos mostra a importância que devemos dar ao nosso planeta.

Assista e reflita sobre o que lhe transmitiu e comente sobre ele. A seguir responda a questão:" O que podemos fazer para acabar com o lixo?"

Helen e Kellen

Diante dessa problemática que se vivencia, deve-se buscar um olhar ambiental consciente sobre algumas atitudes e hábitos em relação à natureza, nesses novos tempos em que marcam o consumismo desordenado. Percebe-se que cada vez mais a produção de lixo torna-se um problema que envolve muitos riscos, o que vem despertando preocupações. De fato a questão ambiental nos dias de hoje aponta para uma sociedade que produz mais problemas do que soluções, assim a relação meio ambiente e educação tem como objetivo uma análise crítica das propostas educacionais voltadas ao ambiente.

Professora de Geografia. Diomedes Marquiol

3 comentários:

  1. MARCIOBEVILAQUA T:834 de novembro de 2009 17:30

    oi gente eu gostaria muito de ir junto nesta viagen para entender mais este livro,que as 8 series leran e entenderan este livro que o Caio Ritter publicou para as nossas turmas.
    Mas eu gostei muito que organizaran essa excursão iran passar mais tempo com o Caio Ritter para saber mais sobre o livro que é um espetaculo gostei muito....

    ResponderExcluir
  2. Nossa Escola realiza projetos na área ambiental, desde 2005, lembro que neste ano realizamos o projeto “as transformações e manutenção das margens do rio Jacuí que banham a área da PEJ, mesmo ano em que a Marli fez o trabalho sobre a Seca envolvendo a obra de Graciliamos Ramos e com isto o começo do uso dos blogs na escola de vocês.
    O trabalho sobre o rio era destinado principalmente a sua limpeza, pois os visitantes da PEJ que chegavam na quarta-feira e finais de semana e costumavam a jogar todo tipo de lixo no rio não dando muita atenção a esta questão, ao meu ver até pelo fato de que não moravam, só viam ver seus parentes e amigos presos e iam embora. Resolvemos fazer uma grande mobilização para que as atitudes de preservação do ambiente fossem incorporadas pela nossa comunidade. Tivemos ótimos resultados. Daí então cada ano enfocamos um aspecto do meio ambiente para levarmos às pessoas a informação através de campanhas de conscientização.
    Em 2006 este mesmo projeto teve sua continuidade dentro do programa de educação ambiental compartilhada em parceria com a Gerdau, Aracruz, Avipal. Em 2007\2008 o projeto foi dedicado ao ajardinamento da escola; e passeios ecológicos (rio Jacuí, lago Guaíba, rio dos Sinos - barco Martim pescador), o projeto passou a chamar Da colônia para o mundo.
    Em 2009 – O nossa meta esta sendo trabalhar com produtos orgânicos. Estamos nos dedicando ao cuidado com Horta Orgânica ( o destino é bem diferente do filme) e Relógio Medicinal. Chamamos o Projeto DA COLONIA PARA O MUNDO – ACREDITANDO NA TERRA
    Conheçam:
    http://dacoloniaparaomundo.blogspot.com
    http://dacoloniaparaomundo2009.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. A modificação do espaço desde quando o Homem começou a conviver em grandes comunidades, alterou a natureza de forma a assegurar a própria sobrevivência proporcionando conforto. A agricultura, a pecuária e a construção de cidades etc. modificaram diretamente a natureza, assim foi transformando as características geográficas naturais e isso com o passar dos anos vem tornando um sério problema. Sendo assim as modificações no espaço deixa evidente que o homem necessita da natureza para obter seu sustento, no entanto, o que tem sido promovido é uma exploração irracional dos recursos que, se continuar nesse ritmo, provavelmente as próximas gerações enfrentarão graves problemas, além de comprometer a vida de todos os seres vivos na Terra, inclusive o homem, caso o problema não seja solucionado.
    A escola Pe. Colbachini vem diante dessa problemática desenvolvendo e divulgando práticas de preservação ambiental com os seus alunos e a comunidade em geral.

    Diomedes Marquiol
    Professora de Geografia

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!